sexta-feira, 1 de julho de 2011

Abdominoplastia – Existe Mesmo a Necessidade da Cicatriz ao Redor do Umbigo?


A plástica abdominal clássica sempre é feita com o reposicionamento do umbigo através de um pequeno corte no abdome criando, portanto, a cicatriz ao redor do umbigo. O tipo de cicatriz e o formato do umbigo dependem de vários fatores. Dentre eles, dois são os mais importantes: a incisão optada pelo médico no abdome para exteriorizar o umbigo e o tipo de cicatrização da paciente. 
O médico pode optar por técnicas diversas na confecção do umbigo, o que pode trazer sua forma mais para arredondada ou triangular, isso será um fator determinante na forma final do umbigo. Mas, se a paciente tiver tendência à cicatrização inestética, como cicatriz hipertrófica, escurecida ou quelóide, sem dúvida esse será o fator que mais negativamente vai interferir no resultado estético.

Fonte foto: blogumbigo.blogspot.com
 Existe a possibilidade de realizarmos a abdominoplastia sem cicatriz ao redor do umbigo, quando criamos um ``neoumbigo`` sem cortes. Normalmente reservamos essa indicação para casos especiais, principalmente pacientes com maior espessura da camada gordurosa, o que permitirá resultado estético melhor. Nessa técnica, fazemos o novo umbigo por tração da pele por baixo, criando um afundamento artificial na área onde ficava o umbigo prévio, simulando um novo. Como utilizamos uma tração por baixo da pele, quanto maior for a espessura da camada gordurosa, maior será a impressão de naturalidade do umbigo criado  pelo afundamento.
Essa técnica não está isenta de riscos. Nela, o umbigo original é descartado e caso ocorra resultado pouco satisfatório, por exemplo, com ruptura parcial ou completa dos pontos utilizados para confecção do mesmo, será necessária nova intervenção cirúrgica. Além disso, existe o risco do umbigo não atingir profundidade satisfatória, dando impressão de umbigo raso.
A abdominoplastia em sua forma não clássica, conhecida como intermediária, onde retiramos menos pele e apenas rebaixamos o umbigo, mantendo sua forma original, também não traz cicatriz ao redor do umbigo. A indicação dessa forma de abdominoplastia é selecionada apenas para determinado grupo de pacientes (pouca sobra de pele em abdome inferior, pacientes com umbigo em posição alta e presença de flacidez e afastamento dos músculos abdominais), portanto dependente de criteriosa avaliação do custo –benefício.
A abdominoplastia sem cortes ao redor do umbigo existe, mas para casos selecionados e para pacientes muito bem orientados dos riscos e limitações de resultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário