Prótese de Panturrilha - Por que é tão evitada?


Muitas pacientes nos procuram para aumentar a panturrilha e analisamos cada caso para expor as alternativas que foram criadas dentro da cirurgia plástica para melhorar o contorno dessa região: enxerto de gordura; aplicação de PMMA e inclusão de prótese de panturrilha.
Antes de especificarmos as formas de aumento da panturrilha, vale o comentário sobre a anatomia da panturrilha. Essa região é bastante apertada, com estreitas passagens para os vasos e nervos, além de compartimentos musculares bem compactos. Existem veias calibrosas, que podem estar associadas à formação de trombos (coagulação do sangue dentro de uma veia). Um dos fatores causais da trombose é a dificuldade no fluxo normal do sangue por essas veias, gerando a estase venosa e a possibilidade de criação dos coágulos.

Anatomia da perna - Observe a grande quantidade de estruturas (fonte foto:http://www.sogab.com.br)
Qualquer das formas de aumento de panturrilha, seja o enxerto de gordura; a injeção de PMMA ou a inclusão de prótese, atrapalham o fluxo normal do sangue venoso pelo aumento da pressão no compartimento da perna e isso pode ser acentuado pelo inchaço (edema) associado a qualquer um dos procedimentos. Isso significa que, independente da forma de aumento escolhida, necessariamente haverá maior risco de trombose, além disso, em casos bem mais raros, o edema pode ser tão intenso que pode atrapalhar também o fluxo do sangue arterial (conhecido como síndrome compartimental), nesses casos será necessário retirar o implante ou fazer incisões na perna para aliviar a pressão local.
O polimetilmetacrilato (PMMA) é um plástico, não absorvível, ou seja, uma vez posicionado não pode mais ser retirado. Apresenta índice de complicação muito elevado e produz pouca projeção da panturrilha em altura, com resultado estético insatisfatório. Pela frequência associada de complicações e resultado estético aquém do esperado não indico ou recomendo essa técnica.
A injeção de gordura (enxertia) apresenta índices relativamente altos de reabsorção, com perda parcial do resultado estético, além disso, existe o risco de injeção da gordura dentro de um vaso (o que também pode ocorre com o PMMA) causando uma complicação potencialmente grave chamada embolia gordurosa. Em casos bem selecionados de depressões menores do subcutâneo, que não exijam volumes maiores de gordura e pacientes com pele menos rígida na região da panturrilha, pode ser opção interessante, mas não devemos esperar grande ganho volumétrico.
A prótese de panturrilha apresenta bom resultado estético final, com preenchimento adequado da parte medial (interna) das pernas. Essa técnica é a que permite maior ganho volumétrico, respeitando, é claro, a capacidade de distensibilidade da pele da região.  Observe que o aumento não é da canela, e sim, da parte interna e superior da perna. 

Próteses de panturrilha (fonte foto:http://istoe.com.br)

O "porém" relacionado a essa cirurgia é a cicatriz. Apesar de posicionada em área de dobra (região posterior do joelho), o resultado estético final normalmente é desfavorável, com aparência mais marcada e alargada. Isso em função da tensão natural da pele existente nessa área, somada a tração que a prótese faz sobre a pele suturada.
Outro problema relacionado à inclusão da prótese é a possibilidade de deiscência (abertura parcial) da ferida em virtude da tensão existente na linha de sutura. Nesses casos, se não houver exposição da prótese, bastará a realização de curativos seriados para o fechamento da ferida. No entanto, se a prótese ficar exposta, haverá a necessidade da retirada da mesma.

Esquematização da inclusão da prótese na região interna da perna por incisão na dobra posterior (fonte foto: http://performanceplace.com.br)

Vários cirurgiões plásticos evitam realizar essa cirurgia pelo potencial de complicações associadas à prótese e à ferida, como relatado acima, mas quando as técnicas de aumento de panturrilha são bem indicadas e sem exagero, o custo-benefício é favorável e o resultado trás muita satisfação aos pacientes.

10 comentários:

  1. Boa tarde. Estou insatisfeito com minha panturrilha, malho a algum tempo e regularmente malho panturrilha sem muito sucesso. Estou limitando minha massa muscular pelo o fato de a panturrilha não está crescendo igualmente com a parte superior do corpo. Gostaria de saber se tem valores no DF e fotos de um depois da cirurgia. Se possível passar número ou email de alguém que já fez esta cirurgia. Desde já agradeço.
    Emanuel
    emanuelbaianosk8@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Fiz essa cirurgia há cerca de 7 anos em SP. Na época só pensei no resultado final, gracas a Deus a recuperacao foi longa, mas Sem problemas. Mas a "batata da perna" ficou achatada. Olhando a perna de frente consegui um contorno que Antes nao tinha, mas olhando de lado ela ficou ainda mais fina. Meu médico era o pioneiro em SP e claro nao fui alertada de possíveis riscos em viagens de aviao. Helen C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi fiz essa cirurgia...Vamos conversar? Tenho mtas dúvidas. Meu nome é Leticia

      Excluir
    2. Estou prestes a fazer essa cirurgia e gostaria de conversar c vc q já fez. Sou cynthia

      Excluir
    3. Oi eu fiz é super complicado pode me ligar se quiser. 011 981535490

      Excluir
    4. Olá,

      Tenho muita vergonha das minhas pernas, pois a canela e panturrilha são muito finas. Gostaria de saber de vocês que já fizeram este procedimento, se estão arrependidos ou indicariam o procedimento? Estou prestes à fazer esta cirurgia, mas até meu médico disse que não mudará muita coisa. Sou Kelly

      Excluir
  3. Quero fazer implante de prótese na região interna da coxa, é possível é arriscado? Devido à veia femural???

    ResponderExcluir
  4. Olá Kelly vc fez a sua cirurgia? Gostaria de trocar idéias...tenho as mesmas dúvidas que vc.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, minha colega quer colocar prótese na canela,existe prótese para canela? ela tem um trauma com a canela e gostaria de saber o preço e como que faz para marcar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, hoje é domingo de carnaval... minhas amigas foram pro litoral mas ainda não consigo mostrar minhas pernas... tenho joelhos valgo (em forma de x)e as pernas bem finas... em março do ano passado coloquei prótese nas batatas, mais exatamente entre as canelas. Ficou bom, melhor que antes olhando de frente, de lado o volume é acentuado e chama atenção... mas na região dos tornozelos, aiaiai... seria ótimo se pudesse incluir uma prótese até o fim, mas é arriscado... agora busco uma solução para engrossar os tornozelos... os médicos que frequento nem cogitam aplicar ácido hialurônico... o médico que fez minha plástica sugeriu fazer lipoescultura... mas ele não passa certeza de que vai tratar a gordura para fazer o enxerto... ela precisa ser centrifugada de forma a ficar mais pura. Não conheço ninguém que tenha experiencia nisso aqui no centro-oeste... nos últimos 5 anos houve um aumento potencial de aumento de panturrilha e não há nenhum site que centraliza informações... uma pena. Espero poder estar no litoral "de short" no próximo carnaval... quem sabe diferenciar o feio do bonito, não se contenta com o mais ou menos.

    ResponderExcluir